Câmara de Dirigentes Lojistas de Surubim
Notícias

Vendas do Dia dos Namorados devem crescer 4,5% em 2012

O Dia dos Namorados é uma das quatro datas mais importantes para o varejo no ano, pois movimenta diversos setores da economia.

A CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) prevê crescimento de 4,5% nas vendas do varejo para o Dia dos Namorados 2012, na comparação com o mesmo período do ano passado. O número é calculado com base na estimativa de consultas feitas ao banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) para compras no cheque ou crediário.

Conforme avalia o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, o estímulo de políticas econômicas convergentes, que combinam afrouxamento monetário com desonerações de tributos ao consumo, são os maiores fatores que deverão influenciar positivamente as vendas este ano. “Ainda que a atividade econômica esteja abaixo que gostaríamos, há um otimismo grande por parte do varejo para o movimento nas lojas”, disse o dirigente lojista.

Pellizzaro Junior reforçou ainda que a extensão do prazo para financiamento da casa própria, de 30 para 35 anos, além de mais uma redução dos juros nas linhas de crédito para esses consumidores, deverão impulsionar melhores resultados do varejo já a partir dos próximos meses. “Essa foi uma ótima notícia, uma vez que com maior prazo e prestações mais baratas os compradores terão uma folga orçamentária que lhes permitirá gastar mais em compras em geral”, avaliou.

O presidente do SPC Brasil, Roberto Alfeu Pena, mencionou também que o cenário econômico mais favorável ao consumo coincide com o movimento de retomada do varejo em 2012, após um primeiro trimestre cujo resultado veio aquém do esperado. “Junho é o mês da virada de jogo, e o varejo é o principal agente nesse processo”, afirmou.

Gasto médio

O Dia dos Namorados, comemorado no Brasil no dia 12 de junho, é uma das quatro datas mais importantes para o varejo no ano, pois movimenta diversos segmentos da economia, com destaque para as vendas de vestuários, calçados, perfumaria e cosméticos, flores e bijuterias.

Conforme avaliam os lojistas, o brasileiro deve gastar em torno de R$ 75,00 com o presente do Dia dos Namorados, segundo estimativa das consultas para compras registradas no banco de dados do SPC Brasil.

As estimativas são feitas com base em entrevistas junto a líderes lojistas das mais de 1,3 mil CDLs (Câmaras de Dirigentes Lojistas) em todo o País.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CNDL




                                

Comentários não são permitidos.